top of page
  • Foto do escritorCláudia Rolim

Alta temporada no turismo brasileiro

A melhor época do ano para o turismo começou com recorde de passageiros na Serra Verde Express, empresa que opera o transporte turístico entre Curitiba e Morretes, no Paraná. Nos primeiros 7 dias do mês de Dezembro foram transportadas 7 mil pessoas no trajeto férreo entre as duas cidades. A alta temporada do turismo brasileiro começa em Dezembro e segue até o Carnaval.


“É um resultado excelente e reforça nossa projeção de aumento de 20% no fluxo de passageiros para o verão 2023/2024”, afirma Adonai Aires de Arruda Filho, diretor-geral da Serra Verde Express. De acordo com o executivo, na última temporada foram transportadas 65 mil pessoas, número que deve chegar a 80 mil até o Carnaval 2024.  



Alta demanda e trem todo dia

De acordo com o Instituto de Turismo de Curitiba, somente a programação de Natal da cidade deve atrair, este ano, mais de 1 milhão de pessoas, entre turistas e moradores. “A expectativa é muito grande para esta temporada. A programação de Natal encerra em janeiro, mas seguimos o verão com várias atividades e programas gratuitos”, afirma Tatiana Turra, Presidente do Instituto Municipal de Turismo.


 E para atender a alta demanda, a Serra Verde Express oferece trens diários  até 28 de Fevereiro, com saída às 8h30 de Curitiba para Morretes, e às 15h, de Morretes para Curitiba. “Temos capacidade para transportar 2.400 pessoas por dia. E devemos ter trens cheios diariamente, principalmente agora, com a chegada de turistas dos navios em Paranaguá”, prevê Arruda Filho.


O Litoral do Paraná se tornou oficialmente destino dos cruzeiros internacionais no início deste mês, quando a operadora MSC Cruzeiros inaugurou sua rota no estado. Até 8 de Março de 2024, cerca de 15 embarcações e 40 mil pessoas devem fazer embarques e desembarques no Porto de Paranaguá, cidade vizinha a Morretes, ponto final do trem da Serra Verde Express. 


De olho neste público, a empresa passa a oferecer um pacote no qual o passageiro desce de trem até Morretes, para então embarcar no navio. “É uma forma de aproveitarmos esse movimento e começar o pacote já em Curitiba, com a experiência nos trilhos para o litoral do estado”, completa Arruda Filho. 

 

Um trajeto pelo maior trecho de Mata Atlântica preservada do país

O passeio de trem da Serra Verde Express é um daqueles roteiros obrigatórios para ser feito pelo menos uma vez na vida. O trajeto férreo entre Curitiba e a cidade litorânea de Morretes, leva o passageiro por um caminho único, acessível somente pelos trilhos da ferrovia Curitiba - Paranaguá.


Durante quatro horas, o trem passa por 41 pontes, 13 túneis e paisagens de natureza exuberante. No trecho mais preservado de Mata Atlântica do país, o visitante visualiza morros, montanhas, quedas d'água e rios, em alturas que chegam a 952 metros acima do nível do mar.  Tudo isso em vagões confortáveis, com banheiros, serviço de bordo e guias especializados, que contam a história da centenária linha férrea. 


E o passeio não termina na estação do trem. A cidade de Morretes, fundada em 1733, reserva aquele ar bucólico de municípios históricos. No local, os visitantes almoçam o tradicional Barreado e seguem para tours na região, onde as belezas naturais continuam e a história também.


O Pacote Completo da Serra Verde Express inclui o passeio de trem, lanche, bebida e guia no vagão, almoço em Morretes, city tour em ônibus ou van, guia de turismo e volta para Curitiba. Existe também a opção de pegar o trem em Morretes, sentido Curitiba, além de diversos outros pacotes e categorias. Os preços são a partir de R$379, classe turística. 


Outras informações sobre preços e pacotes no site.

8 visualizações

Kommentare


bottom of page