top of page
  • Foto do escritorCláudia Rolim

"Ritmos de Fantasias" no Museu de Penafiel

Atualizado: 11 de out. de 2022

A minha dica de hoje vai para a exposição da advogada, professora e artista plástica portuguesa Carolina Serpa Marques.

O Museu Municipal de Penafiel abriu suas portas para receber a artista plástica Carolina Serpa Marques que trouxe para o Museu a exposição “Ritmos de Fantasias”.

A abertura da exposição contou com a presença da Juíza Conselheira do Supremo Tribunal de Justiça de Portugal, Clara Sottomayor que falou para o público presente sobre “As Desigualdades de Género em Portugal”. A iniciativa sugerida pelo Rotary Club de Penafiel teve como ponto de partida o Dia Internacional da Mulher comemorado no último dia 8 de Março e o apoio da Câmara Municipal de Penafiel que inseriu o evento na lista das comemorações dos 252 anos de elevação de Penafiel à Cidade. Estiveram presentes na abertura da exposição a Diretora e Chefe da Divisão Cultural e Turismo do Município de Penafiel, Maria José Santos, a Vereadora do Município de Penafiel, Susana Oliveira e a Presidente atual do Rotary Club de Penafiel, Paula Pinto Alves.

A artista plástica Carolina Serpa Marques é licenciada em Direito, profissão que exerceu entre 1989 a 1991 passando depois para a sala de aula como professora de Direito Internacional Público e Direito Comunitário. Em 2010 a arte falou mais alto e desde então a artista vem se dedicando aos quadros. Começou fazendo retratos de carvão, pastel, aquarelas até que chegou a técnica de pintura à óleo. Em 2016, o seu acervo sobre festivais e romarias em Portugal foi utilizado no encarte do álbum “Arrebenta a Festa” do cantor português Roberto Leal e desde 2019 Carolina vem retratando a natureza com pinceladas em diferentes tons de cor.


As telas da artista são inspirados na Mulher e na Natureza porque são temas que lhe falam a alma. “Eu percebi a dada altura que se eu queria pintar bem eu tinha que ir dentro de mim procurar o que interessa, o que eu gosto, o que me é caro, então, eu percebi que se pintasse a natureza ia ficar extremamente motivada e percebi que se pintasse pessoas também !” , explica Carolina.

A pintora revelou ainda que quando pinta ouve música e que a maioria dos seus quadros, pintados a óleo, tem uma música específica. “Quando pinto me inspiro naquilo que estou a fazer. Quando estou a dar pinceladas sigo o ritmo da música porque acho que a pincelada fica melhor se seguir o ritmo da música que está a inspirar o quadro porque a ideia é mesmo fazer a transposição da música para a pintura”, comenta a artista.

Sobre a mulher, Carolina, explicou que gosta de retratar os momentos de pausa em que as mulheres tratam de si próprias fazendo coisas que elas gostam como, por exemplo, se arrumar para sair e sobre a tela da Juíza Conselheira do Supremo Tribunal de Justiça e amiga Clara Sottomayor, a artista explicou que ao fazer a tela ela queria que a mesma retratasse a beleza da amiga e a determinação da Juíza.

As telas que retratam a natureza, a mulher e a Juíza podem ser vistos na exposição de pintura “Ritmos de Fantasias” da artista plástica Carolina Serpa Marques no Museu Municipal de Penafiel até o dia 16 de Abril.


SERVIÇO:


Museu Municipal de Penafiel


Morada: Rua do Paço, s/nº – 4560-485 - Penafiel, Portugal.

Tel: +351 255 712 760


INGRESSOS NO MUSEU:

Aos domingos – Gratuito

Estudantes e maiores de 65anos – 1€

Ingressos : 2€


DIAS E HORÁRIOS:

Segunda-feira não abre

Terça a domingo – das 10h as 18h









Comments


bottom of page