top of page
  • Foto do escritorCláudia Rolim

Os cuidados que temos que ter na hora de hospedar nosso Pet

Atualizado: 3 de abr.

Se você vai viajar nessas férias e tem um pet em casa, a decisão de onde deixar o membro peludo da família pode ser crucial. Dan Batista, socia fundadora da Comport Pet, centro de comportamento e de bem-estar animal, localizado na Vila Mariana, São Paulo, orienta como escolher com segurança onde hospedar seu companheiro durante o recesso de final de ano ou durante as férias dos humanos.


Nos últimos anos, o mercado pet tem visto um crescimento significativo na oferta de serviços de hospedagem a domicílio para cães. Segundo estudo do Sebrae, a primeira metade de 2022 contabilizou mais de 18 mil empresas abertas nas atividades de serviços de cuidados pet, o que inclui essa categoria.




Dessa forma, é importante que tais locais obedeçam a alguns critérios essenciais para a segurança e o bem-estar animal. Dan acrescenta que os tutores devem estar atentos quanto a informalidade de alguns estabelecimentos, agora que esse tipo de serviço está aumentando muito rápido e sem muita regulamentação. 


“Não podemos esperar que isso seja um negócio onde os membros de uma casa apenas cuidem espontaneamente dos cães por gostarem de animais. É essencial que a equipe dessa hospedagem tenha treinamento especializado para lidar com os hóspedes. Os funcionários desse local devem ter conhecimento em comportamento animal, comandos de adestramento e primeiros socorros”, alerta.


A especialista no setor indica o passo a passo para a escolha da hospedagem:

  1. Reputação: antes de tudo, pesquisar a reputação da creche ou hotel. Não vá colocando naquele local só poque é perto de sua casa ou levado a preços e descontos. Pergunte principalmente a outros tutores da região sobre a qualidade dos serviços e cuidados prestados.

  2. Instalações: visite pessoalmente as instalações para observar as condições de higiene, o tamanho de espaço disponível, e se no local os animais podem correr livres: a qualidade das áreas de recreação é crucial para garantir o bem-estar do seu pet. Fuja de locais que deixam os pets presos em gaiolas. Para pais de gatos, verificar se há espaço específico, com “gatificação” (estrutura de enriquecimento ambiental para eles, como um playground felino), e separados dos cães.

  3. Políticas de vacinação e saúde: verifique se a creche ou hotel exige que todos os cães e gatos estejam com as vacinas em dia. Isso é essencial para prevenir a propagação de doenças entre os animais presentes no local.

  4. Proporção de monitores: é muito importante a atenção individual nesses espaços, principalmente para os cães. Quanto menor a proporção de cães por monitor, melhor. Isso garante que cada animal receba a supervisão necessária. A presença de adestradores qualificados no local é um forte diferencial, pois na própria rotina da creche eles podem ensinar novos condicionamentos para os cães e ajudarem na adaptação. Geralmente, o recomendado são até 10 cães para 1 monitor.

  5. Atividades apropriadas: avalie as atividades oferecidas. Uma creche ou hotel que proporciona estímulos mentais e físicos consistentes e atualizados é crucial para manter seu cão feliz durante a estadia. Não basta só ter bolinhas e brinquedos no ambiente ou um amplo espaço onde eles fiquem soltos aleatoriamente. No dia a dia, a equipe de hospedagem deve desempenhar diversas funções para garantir a segurança e o conforto dos cães. Desde atividades de entretenimento, práticas ao ar livre que respeitem os horários adequados para a saúde dos animais (até as 10h da manhã, ou após as 15h, por conta da incidência do Sol), alimentação adequada e acompanhamento constante dos animais hospedados.

  6. Políticas de emergência: certifique-se de que existem procedimentos claros para emergências médicas. Estar preparado para lidar com situações inesperadas é um sinal de responsabilidade dos locais que oferecem esse serviço. Verifique se a equipe dessa hospedagem tem curso de primeiros socorros e uma veterinária responsável. Um diferencial é o endereço estar próximo a hospitais conveniados 24 horas, caso necessário.

  7. Adaptação prévia: ao escolher a hospedagem, é crucial a adaptação prévia. Antes da estadia, permitir que o pet visite o local para se acostumar com o ambiente e com os monitores. Passar um dia na creche antes de efetivamente se hospedar por mais dias é uma ótima opção. Escolha estabelecimentos que permitam essa opção.

 

3 visualizações

Comentarios


bottom of page