top of page
  • Foto do escritorCláudia Rolim

Festival Medieval do Solstício de Verão

Atualizado: 26 de set. de 2022

O Município de Sabrosa, Portugal, com a colaboração da Associação de História e Arqueologia de Sabrosa, organizam o “Festival Medieval do Solstício de Verão”, com data marcada para o dia 21 de junho, pelas 05h30 da manhã.


O evento terá lugar na Necrópole Medieval das Touças localizada na aldeia da Garganta e conta com um programa aliciante.


Pelas 06h da manhã terá início a peça de Teatro “Teatro Solo”, seguindo-se o “Ritual do Solstício” inspirado na literatura inglesa do Século VI e terminará com musico-terapia e folk “EYE COLOR DREAMS”.


As inscrições são gratuitas e feitas através da página de Facebook da Associação de História e Arqueologia de Sabrosa ( https://www.facebook.com/ahas.sabrosa.2019 ).


Um programa a não perder, um momento único, num local único.


Sobre a Associação de História e Arqueologia de Sabrosa.


A Associação de História e Arqueologia de Sabrosa é uma instituição sem fins lucrativos, cujo âmbito ou objetivos se centram, sobretudo, na elaboração, implementação e consolidação de iniciativas de carácter cultural, pedagógico e científico, sobretudo nas áreas das ciências sociais e humanas, humanidades digitais e do ambiente, sediada no interior do território português, especificamente no concelho de Sabrosa, no distrito de Vila Real, na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, um território rico em tradições, património, história e cultura.


A Associação de História e Arqueologia de Sabrosa foi concebida no âmbito das diversas preocupações dos seus promotores com a preservação, valorização e estudo do património cultural e ambiental. Para a nossa instituição é relevantíssima a sensibilização da comunidade educativa, as populações locais e rurais e a sustentabilidade da questão “Património e Cultura”.


A nossa associação é uma instituição aberta, livre e dinâmica. Procura, naturalmente, envolver todos os interessados nas áreas da cultura, património, arqueologia, ambiente e, evidentemente, o chamado “legado histórico”.


Sobre SABROSA


Sabrosa é uma vila portuguesa do distrito de Vila Real, da Região Norte, da sub-região do Douro e da antiga província de Trás-os-Montes e Alto Douro.


É sede do município de Sabrosa subdividido em 12 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Vila Pouca de Aguiar, a leste por Alijó, a sueste por São João da Pesqueira, a sul por Tabuaço e Armamar e a oeste pelo Peso da Régua e por Vila Real.


Sabrosa é também um concelho com fortes ligações à Europa e principalmente a França e Espanha, com as quais mantém as geminações com as vilas de Cadaujac, terra de vinhedos, e Guetaria, local de nascimento de Juan Sebastián Elcano, companheiro de Fernão de Magalhães que terminou a viagem de Circum-navegação.


Sabrosa, berço de Fernão de Magalhães, tem também desenvolvido relações privilegiadas com as Filipinas, Chile, Argentina, Brasil, o que tem permitido projetar mundialmente este concelho, o Douro e Portugal.


Os artesãos se dedicam as áreas das rendas, tanoaria, cestaria, marcenaria, tamancaria e queijaria. Como concelho transmontano que é, em Sabrosa, se pode apreciar a boa gastronomia de onde se salientam o Cabrito assado com arroz de forno, o cozido à portuguesa, a bola de carne, os enchidos tradicionais, o pão-de-ló, as cavacas altas e as cavaquinhas e os conceituados vinhos do Douro e vinhos do Porto.


Comentarios


bottom of page