top of page
  • Foto do escritorCláudia Rolim

Livro traz "Memórias de Pedro, o último Imperador do Brasil"

Atualizado: 23 de set. de 2022

No ano em que o país completa 200 anos de sua independência, a escritora petropolitana Ivna Chedier Maluly lança o livro “Memórias de Pedro, o último imperador do Brasil”, no dia 20 de agosto, sábado, às 11h, no Planetário da Gávea no Rio de Janeiro.


Na obra, que mescla passagens da história da monarquia no Brasil com ficção, a autora dá voz à estátua de D.Pedro II instalada nos jardins do Museu Imperial em Petrópolis. Ali, no coração de seu palácio de verão, o imperador por meio de reflexões post mortem faz um mea culpa acerca de suas atitudes políticas, além de expor seus desejos mais íntimos, os quais o destino traçado desde a infância o impediu de vivenciar.

“Meus pés estão fincados neste jardim Tropical. Nem consigo movê-los, nem posso. Há também crianças, muitas. Algumas gostam de subir em cima de mim para puxar a minha barba de bronze, como se deveras barba fosse. Outras acariciam minhas botas. Estas que marcharam nos campos sangrentos da Guerra do Paraguai. Deveríamos ter evitado esse confronto por meio de uma bem-sucedida negociação diplomática”, diz um trecho da nova publicação sobre o antigo imperador.


Os leitores conhecerão algumas particularidades sobre esse monarca fundador de Petrópolis, a única cidade imperial da América Latina, que vivia num dilema entre ser um imperador que falava 14 línguas, mas de e querer ser simples como o povo. Um homem estudioso e visionário, já que logo depois de conhecer pessoalmente o cientista escocês Graham Bell, trouxe para o Brasil o primeiro telefone.

“Outro erro me persegue: a escravidão. Eu era contra; no entanto, quase nada fiz para aboli-la. Não consegui. Cedi à pressão do parlamento. E acedi à desumanização”, afirma outro trecho do livro, mostrando o conflito de ser majestade ou simplesmente Pedro de Alcântara.


Segundo Maluly, o interesse em criar a obra veio depois da admiração que adquiriu quando passou a conhecer um pouco mais sobre a história de D.Pedro II, e após ir morar na Europa. A autora considerava os jardins do Museu Imperial uma extensão da sua casa, já que viveu sua infância brincando entre as árvores e a estátua do imperador.

“Eu senti que precisava escrever alguma coisa a respeito desse grande personagem que conseguiu pensar o Brasil como um todo”, revela. Ivna conta ainda que resolveu personificar a estátua do imperador para tornar a leitura mais cativante aos jovens leitores.


A escritora confessa que a escolha do Planetário da Gávea para lançar sua quinta publicação não foi por acaso.

“Dom Pedro II possuía um observatório astronômico no terceiro andar do seu palacete em São Cristóvão no Rio, onde costumava passar horas apreciando o céu em aparelhos importados da Europa. Com todos os seus defeitos e qualidades, sua majestade foi prisioneira do próprio destino, mas cumpriu sua tarefa de governar até o final. As memórias de D.Pedro II estão nesse livro, mas também poderiam ser as minhas”, conclui a literata, que deixou Petrópolis, sua cidade natal há 20 anos para viver na Europa. Atualmente, reside em Lyon, na França.


As ilustrações da edição são da mestre em design pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)e pesquisadora Aline Haluch.



Sobre a AUTORA

Ivna Chedier Maluly é jornalista e autora dos livros Cadê seu peito, mamãe?, Gabriel e a fraldinha, Maria Luiza e a banheirinha, publicados pelo Grupo Editorial Zit. Lançou também títulos independentes, como O samba faz 100 anos. Ivna tem textos publicados em diversas coletâneas nacionais e internacionais. Nasceu em 1975 em Petrópolis e mudou-se para a Europa em 2003, onde mora com seu filho e marido. Ivna dedica-se atualmente à educação midiática de jovens e adultos na cidade de Lyon, na França.


Sobre a ILUSTRADORA

Aline Haluch é designer, artista e pesquisadora. É formada em design pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e mestre em design pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).Fez projetos para centenas de livros, de capas a edições completas, e ilustrou obras para crianças e adultos.


LANÇAMENTO DO LIVRO


Título: Memórias de Pedro, o último imperador do Brasil

Escritora: Ivna Chedier Maluly

Data:20 de agosto de 2022

Horário: Das 11h às 13h30

Local: Planetário da Gávea - Rua Vice-governador Rúbens Berardo, 100 - Gávea, Rio de Janeiro, Brasil


Público-alvo: a partir de 12/13 anos

Páginas: 40

Preço: R$40,00

Editora Rebuliço:



Comments


bottom of page