top of page
  • Foto do escritorCláudia Rolim

LISBOA a 360ºnuma visita guiada e gratuita

Atualizado: 10 de out. de 2022

Hoje, 18 de Maio, comemora-se o “Dia Internacional dos Museus”, uma data que une o Amoreiras 360º Panoramic View e o núcleo museológico Reservatório da Mãe d´Água, com o objetivo de promover a história do património cultural português, através de visitas gratuitas a monumentos, museus e espaços culturais.


O Amoreiras 360° Panoramic View é um espaço mágico na cidade de Lisboa. Um local singular que permite aos seus visitantes desfrutar de uma vista de 360 graus sobre Lisboa. Uma vista de tirar o fôlego.


Estes dois locais emblemáticos de Lisboa propõem um conhecimento da cidade através de outra perspetiva, com vistas de 360º. No dia de hoje serão organizadas duas visitas, às 16h e 19h, com um enfoque na sensibilização da temática ambiental e paisagística da capital.


Para desfrutar da oportunidade de visitar os lugares mais fascinantes de Lisboa, os interessados deverão fazer a sua marcação através do telefone +351 218.100.215 ou do email mda.epal@adp.pt.



O Amoreiras 360º Panoramic View é um miradouro exclusivo localizado no topo das emblemáticas Torres das Amoreiras, sendo um espaço único que permite desfrutar de uma vista panorâmica de 360 graus sobre a cidade de Lisboa.


Com uma posição de 174m de altura acima do nível do mar, é o local de eleição para portugueses e turistas terem acesso a uma vista ampla e desafogada, por um lado da beleza do rio Tejo e do outro o pulmão da cidade.


Abriu ao público em abril de 2016 e está apenas encerrado duas vezes por ano. É um local diferenciador, equipado com lunetas gratuitas de focagem de longo alcance e ainda mapas informativos, sobre os pontos históricos que caracterizam a cidade. Para aceder ao miradouro basta adquirir os bilhetes junto ao balcão de informações do Amoreiras Shopping Center, ou online através da plataforma Tickeline.

Sobre o MUSEU DA ÁGUA– Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras


Projetado em 1746, pelo arquiteto húngaro Carlos Mardel, este reservatório foi construído para receber e distribuir as águas transportadas pelo Aqueduto das Águas Livres. No interior do edifício é visível a planta de uma igreja estilo salão e destaca-se o tanque de água, com profundidade de 7,5 metros. No topo é possível aceder ao terraço panorâmico sobre a cidade de Lisboa, onde é possível observar Lisboa a 360o.


O Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras, parte integrante do Aqueduto das Águas Livres, está classificado, desde 1910, como Monumento Nacional e inscrito na lista indicativa a Património Mundial da UNESCO desde 2016.


SERVIÇO

Av. Engº Duarte Pacheco - 1070-103 Lisboa, Portugal Tel:+351 21 381 02 00


Redes Sociais:


7 visualizações

Коментарі


bottom of page